RADIO A.N.S.R LEPANTO

sábado, 19 de outubro de 2013

DECLARAÇÃO DE UM BISPO NO FIM DA VIDA! TESTEMUNHA OCULAR DA APOSTASIA NA IGREJA ! ABOMINAÇÃO DA DESOLAÇÃO Nós católicos sabemos que quando se aproxima a hora da nossa morte, nossa consciência é forçada a passar por um minucioso exame, pois, sabemos que logo após e la estaremos diante do tribunal da justiça divina, ao qual nada é oculto. Foi neste estado que este bispo escreveu esta declaração, levado pelo temor de comparecer diante de Deus sem nada ter feito ou declarado em prol desta causa. Lamentamos muito o fato de que viveu todo o seu bispado sabendo dessas verdades e só as declarou ao fim da vida. "Não seria insensato o navegante que aguardasse a tempestade para munir-se de âncoras e cabos?... Tal é, todavia, o procedimento do cristão que difere até à hora da morte o regular o estado de sua consciência. 'Quando cair sobre eles à destruição como uma tempestade... então invocar-me-ão e não os escutarei... Comerão os frutos do seu mau proceder' (Pr 1,27.28.31)." Trecho da "Preparação para a Morte" de Santo Afonso Maria de Ligório Que os justos surjam e ressuscitem o vigor, a sacralidade e a santidade da Igreja Católica Apostólica Romana, zelando pelo sagrado e apontando seus erros para edificá-la! Que seja banido todo espírito mundano e profano da Santa Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo e que ela volte a ser guiada pelo Espírito Santo de Deus, tal qual era no início do cristianismo! Levantai-vos soldados de Cristo, empunhai o estandarte da glória, combatei o bom combate com as armas do Santo Rosário, da oração e da penitência! Glória a Jesus! Glória a Maria! Glória a Deus nos seus Anjos e nos seus Santos!